Advertências Empreendedoras 06: Principais Tesouros dos Empreendedores

Você já se perguntou: por que eu quero empreender? Quais as razões de eu me dedicar dia e noite para desenvolver um negócio próprio? Muitos responderiam para ganhar dinheiro. Outros diriam para dar uma vida melhor à minha família. Alguns relatariam a realização de um sonho. Talvez até dar um sentido à vida. São várias conjecturas que se pode fazer para responder esses questionamentos.

Eu criei essas “Advertências Empreendedoras”, para divulgar um pouco dos ensinamentos da Bíblia Sagrada dos Cristãos, especificamente do Livro PROVÉRBIOS. Mas por que 12 Advertências Empreendedoras? Ah, esqueci de dizer que vou escrever 12 pequenos artigos com estes títulos. Doze por que quero fazer analogias com os 12 APÓSTOLOS de JESUS CRISTO, com os 12 MESES DO ANO, HÉRCULES teve 12 trabalhos, A TÁVOLA REDONDA teve 12 CAVALEIROS, a Coroa do Rei da Inglaterra tem 12 PEDRAS PRECIOSAS e assim por diante.

Mas vamos voltar às razões para se adentrar ao Empreendedorismo. Este tema Empreender está em todas as esferas sociais, na imprensa, na internet, nas conversas familiares, nos negócios e, em especial, nas Academias (Faculdades e Universidades). Os governos, em todos os níveis, descobriram que é bom investir nesse conceito de EMPREENDEDORISMO, pois é uma oportunidade de criar novos empregos e negócios, gerar impostos, atrair investimentos, fomentar atividades produtivas em todas as áreas do conhecimento humano, enfim, está sendo a grande descoberta da atualidade. Nesse contexto, está bombando o Empreendedorismo Digital, que são negócios gerados com base tecnológica e envolve a Tecnologia da Informação e Comunicação, chamada TIC. É a internet misturada com as TICs revolucionando as coisas e as pessoas. É uma mudança radical de paradigmas.

Voltando a PROVÉRBIOS, 10:2-4, onde o Rei Salomão nos assevera:  Os tesouros de origem desonesta não servem para nada, mas a retidão livra da morte. O SENHOR não deixa o justo passar fome, mas frustra a ambição dos ímpios. As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza. Palavras sábias do filho de Davi, que ainda hoje são verdadeiras e carecem de análise.

Respondendo às perguntas acima e fazendo analogias com os ensinamentos de Salomão, quero dizer que uma das razões que se empreende é a conquista de Tesouros, não somente os tesouros e as riquezas financeiras e econômicas, mas Tesouros como a Família, os Amigos, a Liberdade, a Paciência, o Perdão, o Reconhecimento dos pares e mais próximos na convivência diária, enfim, são e deve ser Tesouros de origem honesta em todos os sentidos.

Finalizo este texto com um aconselhamento acerca dos Tesouros do Empreendedorismo. Estamos numa sociedade onde muitos pensam que tudo vale, vale passar por cima das outras pessoas, vale não respeitar os mais velhos em nome da modernidade, vale ser desonesto nas pequenas coisas, por que ninguém está vendo, vale pedir e exigir das outras pessoas sem dar nada em troca, vale conseguir as coisas, principalmente bens materiais sem muito esforço. Não queira estes atalhos na sua vida, prefira os caminhos da honestidade e da ética nos negócios e em todas as outras relações que você mantém com pessoas, empresas e instituições governamentais ou não. Pense nisso!!!

João Dilavor – Empreendedor Digital e Contador

João Lavor

Contador Prof. Dr. João F. de Lavor – Life Coach, Doutor em Educação, Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Contador e Pedagogo.

Website: http://www.joaolavor.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado.