Livros/e-Books

“GESTÃO DE PESSOAS NAS MPEs” – 4º MÓDULO DO CURSO GESTÃO DA MICROEMPRESA COM COACHING (GMC) 

mockup-ebook-700x829 Livros/e-Books

A gestão das PESSOAS em qualquer empresa ou Instituição deve ser prioridade dos administradores, a fim de que se construa uma Organização saudável, plural e consciente da importância das relações socias.

Na contabilidade terceirizada, o Departamento de Pessoal é um dos que mais preocupa a direção da prestadora de serviços. Apesar de a legislação ser dos anos 1940/1950, mas vem sendo modificada, suplementada, aditada e refeita de diversas maneiras e por diversos órgãos da República brasileira, alguns até que nem competência para esse mister possuem. A famosa CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, Decreto Nº5452, de 1.05.1943, está uma verdadeira colcha de retalhos, como se diz no senso comum, em relação às modificações que já sofreu, até para atualizá-la e adequá-la ao século XXI.

Nessa seara de relações trabalhistas não podemos desconsiderar a importância dos sindicatos patronais e laborais. Instituições criadas na época da CLT, governo ditatorial de Getúlio Vargas, mas que vem sobrevivendo até o presente momento. Não podemos julgar se para o bem ou para o mal. O sistema trabalhista brasileiro recebe críticas do resto do mundo, porque é muito engessado, foi criado até um Judiciário especifico somente para as relações trabalhistas, que é a Justiça do Trabalho. Nos outros países temos somente uma Justiça, aqui “precisamos” de uma Justiça especifica, mas como tudo no Brasil termina em “pizzas”, a “Justiça do Trabalho” não se justifica por que foi criada.

Os sindicatos Laborais e Patronais sobrevivem com recursos OBRIGATÓRIOS, constantes em Leis Federais, por que se fossem existir com recursos voluntários dos trabalhadores, no caso dos sindicatos laborais, teríamos poucos ou nenhum em funcionamento no Brasil. Esta é uma questão que requer muitas discussões e a política populista de “esquerda brasileira” vive ou sobrevive da dicotomia Capital X Trabalho, Patrão X Empregado ou Parte forte – empresa X parte fraca – empregado.

Download Grátis

 

 

GESTÃO TRIBUTÁRIA DA MICRO E PEQUENA EMPRESA 

 

ebook-gestao-700x1007 Livros/e-Books

Desenvolvi este e-book para, além de ser parte integrante do nosso CURSO GESTÃO DA MICROEMPRESA COM COACHING, te estimular a estudar e ler mais sobre os tributos do Brasil, a fim de que como microempresário saber quais os tributos que pagamos ou recolhemos, para o bem geral da sociedade brasileira. 

No Brasil existe um grande tabu quando a questão é pagar impostos. Culturalmente, fomos criados com essa ojeriza aos impostos, taxas, contribuições, multas e outras obrigações fiscais. Os micros e pequenos empresários já abrem suas microempresas pensando em pagar poucos impostos. 

Participei de uma parceria entre SEBRAE-CE/CRC-CE/SESCAP-CE na Sede estadual do Sebrae Ceará, onde tínhamos a oportunidade de instruir novos empreendedores, bem como empreendedores já legalizados, para que tivessem melhor desempenho em suas microempresas. Uma das primeiras perguntas que eram feitas a nós Contadores era: O que fazer para pagar menos impostos? Eu respondia sempre em tom de gozação: eu quero pagar um milhão de reais em impostos todos os meses. Meu interlocutor sempre ficava abismado. Aí eu explicava: só quem paga impostos, taxas e contribuições, na maioria esmagadora dos casos é quem vende bens ou serviços. Na verdade, os empresários não pagam impostos, mas recolhem aos Fiscos Federal, estadual e municipal, pois, no fundo, no fundo quem paga os tributos somos nós consumidores, tendo em vista que a maioria das empresas colocam ou embutem em seus custos todos esses tributos da cadeia produtiva. 

A lógica do pagamento de impostos é esta: quem mais paga impostos é por que mais tem receitas e lucratividade. Quem não tem rendimentos algum, só paga impostos indiretos pelos produtos da sexta básica que consomem. O que é melhor, pagar muito ou pagar poucos impostos? Eu prefiro pagar muitos impostos em quantidade e qualidade, pois se os governantes aplicarem para o bem social da sociedade, como educação, saúde, segurança, transportes, meio ambiente, etc., melhor ainda. 

Entendeu agora por que todo imposto não pode ser considerado ruim de tudo. Devemos sim, como cidadãos brasileiros, votarmos e elegermos pessoas sérias e altruístas com suas funções na administração pública. E fiscalizarmos nas épocas das eleições, a fim de não renovarmos mandato de maus políticos, péssimos aplicadores do dinheiro público.      

“O CONSUMIDOR sempre tem razão ao solicitar sua nota fiscal, seja ela de Bem ou de serviço.” 

 

 

 

 

COMO ADMINISTRAR SUA MICROEMPRESA COM MAIS EFICIÊNCIA, PARA GERAR GRANDES RESULTADOS

 

ebook-modulo-2-1 Livros/e-Books

Começamos nosso Curso GESTÃO DA MICROEMPRESA COM COACHING explicando no Módulo 1 – 7 PASSOS PARA CRIAR SUA MICROEMPRESA DO ZERO. Depois da sua empresa criada, agora vamos trabalhar como administrá-la com eficiência, a fim de que consiga grandes resultados.

A primeira coisa a se fazer é olhar para as pessoas que vão trabalhar na sua empresa. Este processo é interessante que o micro ou pequeno empresário se preocupe em selecionar um time especialista, não somente no sentido técnico, mas levando em consideração as relações interpessoais que vão ser geradas no ambiente laboral.

Damos algumas dicas no e-book que fizemos do Módulo 2 do GMC, tais como: As pessoas valem mais; conheça bem seus funcionários e se interesse por eles; seja um patrão professor, no sentido de qualificar bem seus colaborardes paras as tarefas e atividades que serão desempenhadas, bem como no quesito convivência organizacional; comunique-se bem com seus colaboradores; confie em seus funcionários; pratique sempre a reciprocidade com as pessoas que trabalham com você; procure conhecer os pontos fortes de seus colaboradores, bem como os ajude nos pontos de melhoria; ensine seus colaboradores a fazem perguntas sobre como gostaria de ser vistos pelos colegas de trabalho, familiares ou amigos; prepare seus funcionários para CAUSAR UMA ÓTIMA IMPRESSÃO nos teus clientes; transforme todos seus funcionários em vendedores; implante indicadores-chave de performance mais relevantes para a estratégia do seu negócio.

Estas orientações vão te ajudar a gerir com mais eficiência buscando a eficácia do teu empreendimento empresarial.

Cerque-se de pessoas mais competentes do que você, estude muito, seja humilde para aceitar as opiniões alheias, peça desculpes quando tiver errado, diga sempre obrigado a todos a sua volta e agradeça sempre.

 

Quer ganhar um milhão de reais? Ajude um milhão de pessoas a ter sucesso!

 
 
 
 
 

e-Book 7 Passos para criar uma microempresa do zero – João Dilavor

 
 
EBOOK--700x876 Livros/e-BooksEste é o Módulo 1 do Curso Gestão da Microempresa com Coaching, onde vou te apresentar os 7 passos para se criar uma microempresa do zero. PASSO 1: UMA IDEIA TRANSFORMADA EM OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO – Para se iniciar qualquer EMPREENDIMENTO precisamos de uma ideia que seja transformada em oportunidade negócio. Veja o artigo abaixo que retirei de um material do SEBRAE NACIONAL. Deu na Fast Company1: uma empresa japonesa está trabalhando na criação de um eleva- dor espacial, capaz de levar passageiros até o espaço sideral, a uma velocidade de 200 km/h. De acordo com os executivos da Obayahi, o elevador, que utilizará energia magnética, deve ficar pronto até 2050. Maluquice ou inovação? Somente o tempo dirá. A verdade é que o mundo empreendedor está repleto de ideias tão ou mais malucas do que essa. Só que, na maioria das vezes, estas ficam abandonadas em uma gaveta – quando pode- riam se transformar em produtos originais e lucrativos. A grande questão é: como saber se uma ideia é genial ou simplesmente maluca?

Para escolher qual atividade econômica escolher, a fim de se empreender, o ideal é fazer uma reflexão das suas experiências. Veja em que profissão você já trabalhou. Quando você era mais jovem, quais tuas aspirações para trabalhar, quais profissões você se identifica?  PASSO 2: QUANTO DE DINHEIRO VOCÊ TEM PARA INICIAR O EMPREENDIMENTO? VOCÊ VAI TER SÓCIOS? A quantidade de dinheiro em espécie é importante, mas não supera uma boa ideia. Por que o dinheiro, se for startup com base tecnológica, é mais fácil se conseguir investidor, basta ter um bom PLANO DE NEGÓCIOS. Criar um PRODUTO (Bem ou Serviço), que seja de qualidade e resolva os problemas e as necessidades dos clientes, já basta para gerar faturamento necessário ao início do empreendimento. PASSO 3: FAÇA O PERSONA OU AVATAR DO SEU CLIENTE. Uma das vantagens de se criar a PERSONA é se dirigir a pessoa certa, que irá comprar teu produto ou serviço. Com esta identificação de quem é o teu CLIENTE IDEAL, as ações de marketing poderão ser direcionadas e o atingimento das metas na área de VENDAS será bem mais previsível. PASSO 4: FAÇA O QUADRO MODELO DE NEGÓCIO DO SEU EMPREENDIMENTO. Faça a segmentação de clientes; desenvolva a proposta de valor; descubra quais serão os canais para a entrega da PV; como vai ser o Relacionamento com os clientes; quais serão as Receitas; E os Recursos Principais; quais serão as Atividades-chaves; E as Parcerias principais; como será a Estrutura de Custos. PASSO 5: PLANO DE NEGÓCIOS – Esta fase consiste em converter todos os aprendizados obtidos nas etapas anteriores para a construção da empresa, com áreas definidas, departamentos e fluxos de processos que assegurem o seu sucesso. Análise de mercado; Plano de Marketing; Plano Operacional; Plano Financeiro;

Avaliação do Plano de Negócios; Elaborar um Plano de Negócios requer dedicação e esforço dos empreendedores. Ao final de sua elaboração é preciso reiniciar o processo de análise e olhar com atenção para tudo que foi projetado, de forma que seja possível avaliar se ele atende às expectativas do empreendedor com relação à oportunidade então identificada, verificando se é viável investir em tal projeto e/ou quais mudanças se mostram necessárias no que foi planejado; PASSO 6: FORMALIZAÇÃO JURÍDICA OU SOCIETÁRIA. Contrato Social – Empresa Sociedade Limitada – LTDA – Firma Individual – Requerimento de Empresário – EIRELI: A Empresa Individual de Responsabilidade Limitada foi criada por Lei especifica para corrigir as limitações da FIRMA INDIVIDUAL.  PASSO 7: INSCRIÇÕES NOS ÓRGÃOS COMPETENTES

ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO – REGISTRO SANITÁRIO – INSCRIÇÃO NA SEFAZ – Todas as empresas industriais, comerciais e/ou que comercializem produtos físicos ou digitais precisam fazer a Inscrição Estadual, que aqui no Ceará chamamos de CGF – Cadastro Geral de Contribuinte. Inscrição Municipal – SEFIN. Todas as empresas prestadoras de serviços ou tomadoras de serviços devem fazer sua inscrição municipal, a fim de que os impostos, principalmente o ISSQN sejam cobrados. Alvará dos Bombeiros.

Certificado Digital. Todavia, o Certificado Digital não é uma escolha para todos, para algumas pessoas ele é uma exigência. Empresas que emitem nota fiscal eletrônica, assim como para todas inscritas no regime tributário de lucro real ou lucro presumido, são obrigadas a fazer uso do Certificado Digital. (As empresas inscritas no Simples, como não são obrigadas a emitir nota fiscal eletrônica, não precisam de certificação digital). Os tipos de certificados digitais são: e-CPF e e-CNPJ. Contrato de Serviços Contábeis com o ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE. Você micro, pequeno ou médio empresário exija o Contrato de Prestação de Serviços Contábeis com seu Contador ou Escritório de Contabilidade no modelo do Conselho Regional de Contabilidade de seu Estado, (CRC), a fim de que você possa saber quais são seus direitos e deveres na direção Empresa versus Empresa contábil.

Download Grátis

 
 
 
 
 

e-Book Gestão com Coaching – João Dilavor

book-231x300 Livros/e-Books
O e-Book GESTÃO COM COACHING é um pequeno Manual de Gestão da Micro, Pequena e Média Empresa com o auxílio do Coaching. Nós explicamos o que é micro e pequena empresa, bem como o conceito de Coaching, para em seguida, abordar quais são e como funcionam as Funções Empresariais. As funções empresariais aqui abordadas são: 1) Marketing e Vendas; 2) Compras; 3) Área Tributária; 4) Área de Recursos Humanos; 5) Produção de Bens ou Serviços; 6) Governança e Área Financeira. Cada Capítulos com questões para praticar, além de dicas poderosas sobre as MPEs
O E-book GESTÃO COM COACHING é um Manual simples, mas com uma profundidade significativa, tendo em vista a experiência de seu autor, João Dilavor, abordando temas relevantes para uma boa administração da micro, pequena ou média empresa. O E-book contém vídeos do autor que tem relação com o conteúdo relatado, além de te indicar para os meios de comunicação de João Dilavor no Youtube, Facebook e no seu site www.joaodilavor.com.br. Vale a pena conferir e comprar. Neste primeiro momento a renda da venda deste E-book será destinada a um gincana da DILAVOR CONTABILIDADE e após o término desse evento, vamos direcionar para outro trabalho social.
 
 
 
 
 
 
 

e-Book APRENDENDO A EMPREENDER COM O REI SALOMÃO

ebook-700x978 Livros/e-BooksEste e-Book APRENDENDO A EMPREENDER COM O REI SALOMÃO vai te levar a refletir sobre o Empreendedorismo Cristão como forma de fazer negócios com justiça e equidade. Eu fiz vários links sobre o Grande Rei Salomão, que foi um dos homens mais sábios da humanidade, além de ter sido um Grande Servo de DEUS.

Uma das grandes vantagens deste e-Book é o desenvolvimento pessoal e espiritual com foco no empreendedorismo, além de uma constatação sobre Resultados Positivos quando se trabalha com negócios visando o bem-estar das outras pessoas. Esta é a motivação que vem de dentro e não por dinheiro ou outros bens materiais.

Comprar