A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA CONTÁBIL NAS MPEs

A Contabilidade é a ciência da informação. Através da Ciência contábil os gestores
conseguem gerir suas companhias com mais eficiência e eficácia.
No Brasil nós temos mais de 400 mil profissionais de contabilidade e poucos fazem
CONSULTORIA CONTÁBIL. Não que seja uma tarefa difícil ou complicada, mas porque
carece de muito estudo, experiência de vida e interação ou conectividade com o
empresário e a cultura da empresa a ser trabalhada.
A consultoria contábil é uma atividade ligada ao aconselhamento de empresários em
relação à forma de administrar seus recursos humanos, financeiros, materiais e
organizacionais, tendo como base as informações contábeis consubstanciadas nas
Demonstrações Contábeis mensais e anuais.
Este consultor contábil, por fazer parte do STAFF (entendido como uma pessoa ou
equipe que não faz parte do quadro de funcionários da Organização, mas assessora ou
aconselha seus dirigentes), tem uma visão de fora da Entidade, tem um olhar
desapaixonado no sentido de maior racionalidade do que os que vivem a empresa, e
vai aconselhar ou sugerir direcionamentos para a melhoria e sucesso da Instituição.
Como professor da disciplina Contabilidade e Custos na Universidade Federal do Ceará
em Quixadá (CE), oriento meus alunos e mostro a utilidade da Contabilidade Geral e os
Custos em qualquer ramo de atividade econômica.
O Consultor Contábil analisa livros contábeis obrigatórios e facultativos como Livro
Diário, Livro Razão e Livro Caixa, além de demonstrações e atividades como: fluxo de
caixa, Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, folha de
pagamento, controle de custos, calcular custos, conciliação contábil, análise de índices
econômicos e fiscais, deve efetuar parametrizações contábeis baseados no
conhecimento do negócio da empresa, fazer levantamentos sobre as necessidades dos
clientes, participar como membro temporário em projetos e avaliar tendências do
mercado, realizar análises dos concorrentes e clientes parceiros, fazer apuração de
tributos, realizar o controle do ativo imobilizado, verificar o controle de estoques e o
recebimento fiscal, dar suporte na implantação dos controles financeiros, atuar em
projetos como membro ad/hoc da equipe financeira e tudo que envolva a
contabilidade da Entidade, visando melhorias que reduzam desperdícios e melhore a
administração financeira de modo geral.
Muitos podem até pensar que CONSULTORIA CONTÁBIL só seja viável para médias e
grandes empresas, mas é nas MPEs – Micros e Pequenas Empresas que este trabalho
dará mais resultados. Este apoio de um profissional qualificado das Ciências Contábeis
fará com que o MPE pense em crescer com sustentabilidade. Crescer
organizadamente pensando no futuro do seu negócio. Crescer sabendo de seus custos,
de suas possibilidades de financiamentos e investimentos. Crescer sem medo de estar
pagando seus funcionários indevidamente ou fora da legislação, de estar deixando de

recolher tributos, que no futuro poderão até falir seu empreendimento. Esta é a
vantagem da consultoria contábil para micros e pequenos empreendedores.
As ferramentas de gestão contábil são importantes e obrigatórias para todos os
tamanhos de empresas, independentemente de classificação fiscal, contábil ou
jurídica. Quando o MPE se acostuma a ter, em dia, suas demonstrações contábeis
como Balancetes mensais, Fluxo de Caixa, Análise de clientes, concorrentes e
fornecedores, Análise periódica de seu ramo de negócio, Controle de Estoque,
Controle dos seus colaboradores, a tendência é você trabalhar menos e ter maior
controle e lucratividade.

João Lavor

Contador Prof. Dr. João F. de Lavor – Life Coach, Doutor em Educação, Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Contador e Pedagogo.

Website: http://www.joaolavor.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado.